Erros comuns de Branding em pequenas empresas

 
Dezembro 1, 2014

Branding

Quando pensamos em branding, automaticamente nos vem à mente a imagem da Coca-Cola, da Nike e ou da Adidas. Se formos uma pequena empresa, sentir-nos-emos imediatamente esmagados por estas marcas icónicas, e irá parece-nos impossível atingir este patamar de distinção. É certo que este nível de branding pode ser difícil, mas está muito longe de ser impossível.

A aproximação das empresas portuguesas aos clientes nas redes sociais é como os miúdos enfezados, de óculos, com as calças sempre um pouco mais curtas do que o normal, que querem entrar, sem sucesso, no círculo mais íntimo dos miúdos cool.

Não vai acontecer.

Para ser cool é preciso “não tentar ser cool” caso contrário, o esforço será em vão, o post será ignorado e a tentativa da empresa de se ligar ao seu consumidor-alvo vai ser correspondida com um rebolar de olhos.

E porquê? Porque a maioria do conteúdo que é produzido não é original nem nativo. Não flui.

Um social media manager deve ter sempre em mente os seguintes mandamentos:

1) Abandonar a estratégia push! Imediatamente.

2) Mapear o público-alvo: através da recolha da informação partilhada pelos usuários nas redes sociais, conseguimos traçar um perfil.

3) Criar conteúdo nativo e adaptado a cada uma das plataformas. A mesma abordagem usada no Twitter não vai ser a mesma no Google+, por exemplo.

4) Criar conteúdo com que os utilizadores se identifiquem: um post sobre férias, aniversários, o Mundial de futebol. Porque não?

5) Ganhar um seguidor é mais importante do que uma subscrição: As vezes que os utilizadores vão ver o e-mail fica muito aquém das visitas constantes às redes sociais.

6) Se o objectivo é agilizar a compra, logo há que direccionar o usuário para a página de compra do produto em questão, sem o fazer andar as voltas no website.

7) Responder a todos os comentários nas redes sociais. Ao implementar esta prática vai ver grandes resultados, o utilizador vai sentir-se bem e vai mostrar aos outros usuários que está atento, encorajando outros utilizadores a fazer o mesmo.

8) Perguntar: criar um fórum, estabelecer um canal de comunicação informal com o público, de modo a conseguir satisfazê-los e a recolher informações importantes.

9) Utilizar fotos com qualidade. Quase todas as actualizações nas redes sociais devem ter numa imagem, pois são fotos com qualidade que vão chamar a atenção do usuário.

10) Giveways e Concursos: Toda a gente adora concursos e giveaways, a chave é o equilíbrio destes com a partilha de informação relevante.

Contudo, é um processo demorado, de tentativa e erro, com o qual temos que assumir completamente um compromisso. Daqueles até que a morte os separe, de anel no dedo, para o bem e para o mal. Só quando os marketers estiverem esgotados, frustrados e prestes a vender a alma ao diabo, é que finalmente começam a ver a luz ao fundo do túnel. Phew!